Saturday, August 12, 2017

Amei e dei vexame

Simplesmente a vida é assim.
A certa altura da vida... Numa experiência de isolamento social vc se apaixona por uma carícia que alguém faz em seu rosto.
Alguém que também sofre. Que também passa por dificuldades.
E, de repente, esse alguém pisca o olho pra vc, brinca com vc, divide o cigarro...
É honesto, bom lider, talentoso.
Vc olha pra aquela pessoa e vê disperdiçado um futuro brilhante.
Vc é poeta.
Louca.
Ama.
Precisa de amor e não há nada que te mova mais que a paixão.
Conscientemente vc sabe que aquilo jamais terá futuro.
Mas vc é capaz de doar sua vida por aquela pessoa.
Pq sabe q ele é bom, puro, tão vulnerável quanto vc.
Vc chora escondido... Declara sua paixão em mensagens não visualizadas. Faz preces. Ora com todo fervor da sua alma.
Faz poemas secretos q talvez essa pessoa nunca leia.
Ou leia pq vc sabe o quanto essa pessoa é sensivel, inteligente e pode ser útil a um mundo melhor....
Mas os avessos da vida as vezes acontece e essa pessoa é vítima de uma injustiça.
Pq mulher é bicho traiçoeiro e vc sabe o quanto seus amigos homens são leais.
Sim... As injustiças acontecem e vc toma uma opção na vida. Nunca mais coadunar com injustiças onde é q elas ocorram.
Vc sabe q o futuro daquela pessoa não é com vc, q ela tem brilho e destino próprio e q isso só pertence a Deus.
Ai vc q não sabe fuçar facebbok recebe de graça uma foto daquela pessoa com farda.
Logo vc q sempre abominou polícia, mas tem fetiche por homem fardado.
Vai à loucura.
Liga....]
Liga de madrugada...
Liga quando vê a pessoa on line no face. E sua ligação não é atendida.
Restam sua saudade e uma solidão sem idioma.
De repente vc acorda.
Lembra do sorriso daquele amigo seu de faculdade viciado em jogos eletrônicos.
E vc sabe q ama e é correspondida.
Vc sabe q já fez muita gente feliz e isso é q conta e que por outras pessoas vc é absolutamente impotente.
Ai vc joga a toalha.
Desiste.
E num passe de mágicas... Arregaças as mangas e vai  aluta por vc mesmo. Pra sorrir. Pra ser feliz. Pra dar e receber amor pq desistir, embora doa, tb faz parte.

Alyne Costa, 12.08.17